O projeto Terceira Idade, tem como Coordenador Geral o Prof. Dr. Geraldo Busatto Filho que assumiu a coordenadoria do grupo após o falecimento do Prof. Dr. Cássio Machado de Campos Bottino.

O PROTER foi fundado em janeiro de 1994 como um grupo de pesquisa na área de saúde mental de idosos.

A partir de 1995, as atividades do grupo foram ampliadas com a criação do Ambulatório Assistencial Didática para expandir o atendimento e permitir o treinamento em serviço de médicos residentes. Em 1996, começou a funcionar a Clínica de Memória do PROTER, prestando atendimento multidisciplinar a pacientes de qualquer faixa etária que procuravam o Instituto de Psiquiatria com queixas relacionadas às funções cognitivas. Em 1997, tiveram início às atividades da enfermaria do PROTER, inicialmente com quatro leitos, visando prestar tratamento hospitalar a pacientes acima de 60 anos com transtornos psiquiátricos graves.

Os objetivos do PROTER são, principalmente, promover pesquisa na área de saúde mental do idoso, treinar profissionais médicos e não médicos para atividades assistenciais e de pesquisa na área de saúde mental de idosos, oferecer atendimento e tratamento na área de saúde mental a pacientes com mais de 60 anos de idade, treinamento e supervisão de residentes do Instituto de Psiquiatria do HC da FMUSP no atendimento clínico de pacientes idosos do ambulatório e enfermaria e, finalmente, promover difusão de informação sobre temas associados à área de saúde mental do idoso, mediante a organização de cursos científicos.

O PROTER promove pesquisa clínica na área de saúde mental do idoso (demências, alcoolismo, transtornos psicóticos, transtornos depressivos e anciosos), incluindo neuropsiquiatria clínica, neuroimagem, neuropsicologia, genética, epidemiologia, ensaios clínicos, psicoterapia e atenção a cuidadores.

A equipe atual do PROTER é constituída por médicos, fonoaudiólogos, psicólogos, pós-graduandos, além dos coordenadores.

O ambulatório didático do PROTER vem recebendo residentes do segundo ano e terceiro ano do IPq e de outros Estados Brasileiros e da América dos Sul.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *